Como se associar

Vantagens de se associar a uma Cooperativa de crédito:

– Atendimento personalizado, rápido e sem filas;
– Melhores taxas em aplicações e financiamentos;
– Menores tarifas de prestação de serviços;
– Cheque especial com menores taxas;
– Aplicações financeiras de acordo com o perfil do investidor, com taxas competitivas;
– Linhas de crédito especiais (pessoa física e jurídica) para viabilizar seus investimentos:
construção e aquisição de imóveis, veículos novos e usados, equipamentos, reforma de
residências etc;
– Participação nos resultados (retorno proporcional das sobras).

Para associar-se é muito fácil!

É só vir até nossa agência portando os seguintes documentos:

PRODUTOR RURAL PESSOA FÍSICA

– Documento de Identificação e CPF;
– Comprovação de estado civil;
– Documento de identificação e CPF do cônjuge;
– Comprovante de residência emitido há menos de 90 dias (água, luz ou telefone);
– Declaração de Imposto de Renda ou Notas fiscais de venda da atividade (12 últimos
meses);
– Ficha Sanitária – IMA (quando aplicável);
– Escritura ou Certidão do Imóvel Rural e/ou Contrato de Arrendamento, Comodato e Contrato
de Parceria devidamente registrados;
– ITR do ano referente;
– CAR;
– Cartão de Produtor Rural.

PESSOA FÍSICA

– Documento de Identificação e CPF;
– Comprovação de estado civil;
– Documento de identificação e CPF do cônjuge;
– Comprovante de residência emitido há menos de 90 dias (água, luz ou telefone);
– Comprovante de rendimento emitido há menos de 90 dias;
– Comprovação de bens.

PESSOA JURÍDICA

DOCUMENTOS DA EMPRESA:

– Contrato social e últimas alterações, ou estatuto social e atas de constituição e posse dos
representantes, devidamente registrados nos órgãos competentes;
– Relação de faturamento ou Declaração do Simples Nacional, se o valor anual for até
R$4.800.000,00 (quatro milhões e oitocentos mil reais), acima deste valor enviar Balanço e
DRE dos 3 últimos períodos.

DOCUMENTOS DOS SÓCIOS:

– Documento de Identificação e CPF;
– Comprovação de estado civil;
– Documento de identificação e CPF do cônjuge;
– Comprovante de residência emitido há menos de 90 dias (água, luz ou telefone);
– Comprovante de rendimento emitido há menos de 90 dias;
– Comprovação de bens.